Seja no trap ou no boom bap, o rap faz pulsar a realidade da periferia. A verdade que a imprensa tradicional deixa à margem. Por considerar a riqueza cultural carregada no som que se esquiva dos abusos do Estado e do seu braço armado, o RAP071 se apresenta enquanto coletivo ativista, que faz da informação uma estrada para o caminho do enfrentamento.

Na Bahia, a origem da cultura hip hop se deu nos mais diversos municípios do estado e, por isso, o 073, 074, 075 e 077 também têm presença fincada nas nossas atenções. Seja nas batalhas de mcs ou nas batidas originais dos becos, vielas e home estúdios baianos, contamos a história desses agentes e artistas.

Existir em grupo, contudo, exige de nós uma percepção de vivência para além das expressões artísticas. Então, nosso compromisso se estende a abordar, também, o que está à espreita dos corres diários. Os desafios, as descobertas, as experiências, os acontecimentos da cidade - sob uma visão atenta a problematizar questões sociopolíticas.

O RAP071 acredita em uma sociedade onde todas as pessoas e suas lutas cotidianas são respeitadas. E é por isso que a gente se movimenta: para fazer a cena acontecer.

© 2020 - RapZeroSeteUm - Todos os direitos reservados