Heróis da Resistência: batalha de São de Caetano retorna a todo vapor e congrega o hiphop




Os 10 anos de atividade em militância pela cultura hiphop dão à Batalha de São Caetano a 'responsa' de ser a disputa de mc´s em vigência mais antiga da cidade. E é para seguir esse legado que na próxima quinta-feira (6), das 19h às 22h, na Quadra de Esportes do bairro, o projeto retorna a ativa, dessa vez com um novo fôlego, e ampliando a congregação do movimento ao abraçar os cinco elementos do hiphop. Isso porquê a volta da batalha promete envolver música, dança, artes visuais - através do grafiti - e muito conhecimento. Para abrilhantar a "reestreia", estão confirmadas as apresentações dos grupos Okaris e A Rua se Conhece, da poetiza e cantora Flávia Gringa, além dos sets dos Djs: Belle, Berlota, Ivan e Gilson Roots.


"Voltar com um projeto ampliado renova nossas forças. Esse trabalho tem que continuar, não só aqui, mas em todas as comunidades possíveis", explica Bruno Meireles, produtor do projeto Heróis da Resistência, que engloba dentre outras iniciativas, a batalha de mc´s em São Caetano. Conhecido também como Bruno Suspeito - no meio do rap -, o agitador cultural é também arte educador e mc, integrante do grupo A Rua Se Conhece.

Desde o nascimento, toda a organização e execução era independente, contando com os esforços do Coletivo São Caetano Resistência, entidade parceira na projeção e realização das atividades. Neste ano, os Heróis da Resistência foram contemplados pelo edital Arte Todo Dia Ano IV 2018, da Fundação Gregório de Matos, garantindo a continuidade do evento por mais três meses, de setembro a novembro. "O tempo parado (cerca de três meses) mostrou a importância desse movimento artístico cultural, educacional, social, político e empreendedor para a juventude", pontua Suspeito.


O pensamento de Gabriela Almeida, integrante do Coletivo São Caetano Resistência, mc d'A Rua Se Conhece e uma das colaboradoras do projeto, segue na mesma linha de Bruno Meireles quando concorda sobre os pontos positivos que a iniciativa traz à população. "Só vai fortalecer a comunidade, né, esse retorno. Além do cunho cultural em termos de entretenimento, é uma forma de continuar ajudando a juventude a se afastar da criminalidade. Esse é o nosso propósito", conclui.


SERVIÇO:


O Quê: Batalha de São Caetano (Projeto Heróis da Resistência)

Quando: 6 de setembro (e todas as quintas-feiras de setembro a novembro)

Onde: Anfiteatro Espaço da Benção - Quadra de Esportes de São Caetano

Hora: 19h às 22h

Atrações: Batalha de mc´s | Okaris | A Rua Se Conhece | Flávia Gringa | Djs Belle, Berlota, Ivan e Gilson Roots



Por Gabriel Soares, jornalista e editor do RAP071

Foto: Divulgação

© 2020 - RapZeroSeteUm - Todos os direitos reservados