Dezesseis faixas completam Vol. 2 da coletânea SoulRec; ouça



O Rap soteropolitano chegou em peso na nova coletânea da gravadora SoulRec. Lançado nesta segunda-feira (5), o volume reúne 16 músicas de doze grupos e rappers da capital, além das participações de MC’s em algumas tracks.

Baixe aqui o volume completo

Além de fortalecer a cena soteropolitana, a coletânea mostra também a qualidade do rap produzido em nossa cidade. Nomes já conhecidos no cenário como Elvis Kazpa, Beirando Teto, SoulRap e Noblah, além das participações como Rapadura, Baco Exu do Blues, e Sincronia Primordial, enriquecem o disco.

Ouça a coletânea completa:


Produtor da SoulRec e rapper, Shark explicou que a ideia da coletânea é divulgar tanto o serviço da gravadora quanto as músicas dos artistas soteropolitanos. Os volumes são semestrais e reúnem os trabalhos realizados pelos rappers no estúdio. Ele conta que dentro da Soul Rec eles trabalham a captação, mixagem e masterização das músicas.

-"Fazemos o trabalho com MCs que já têm uma caminhada, têm noção, têm o dom, mas não sabe direcionar o seu trabalho. Às vezes MCs não têm grana, não têm oportunidade, não conhece estúdio que trampa com rap..."

O grupo 2Fellaz, formado por Aragão e Iuri Luz, teve seus primeiros trabalhos divulgados no início deste ano. Hoje, finalizando o primeiro EP "Coquetel dos Réus", eles lançaram duas das oito músicas na coletânea. As faixas “Califórnia” e “Sem Recado” são uma prévia do que vem no disco produzido pela produtora SoulRec. Aragão falou para o Rap071 sobre os trabalhos:


- “A ideia sempre foi misturar todo tipo de som. Então, as duas faixas da Coletânea da SoulRec tem a Califórnia, que tem uma influencia forte de G-Funk dos anos 2000, que eu sempre viajei achei que tinha que ser necessário no álbum. E a outra faixa Sem Recado tem a influência de um trap. Foi Iuri que indicou o beat com Jeffs Beats. O cara é monstro e nosso EP vai vir com seis produções assinadas por ele".

O rapper ainda contou que falta uma faixa para finalizar o EP, e que toda a ideia do disco é misturar sons, como o próprio nome diz: fazer um coquetel. "Tem Rock, tem beat inspirado em Linkin Park. A gente tem Trap, a gente tem BoomBap clássico, a gente tem esse de funk. Tem song love...", finalizou Aragão.

Este é o segundo volume lançado pela gravadora de rap soteropolitana SoulRec. Na primeira edição, lançado no início do ano, 15 faixas completavam a coletânea – todas de rappers diferentes.

#Coletânea #SoulRec

© 2020 - RapZeroSeteUm - Todos os direitos reservados