Intercâmbio na dança- Break ocupa Ballace Festival Nacional de Dança

Ballace- Festival Nacional de Dança em parceria com a Batalha Independent Stylles leva a dança Break para o festival


O movimento hip hop vem a cada dia quebrando barreiras e desmistificando a visão de marginalização dos seus elementos. É fato que uma parcela da população ainda enxerga com olhares duvidosos a musica, a dança e seus outros elementos, mas aos poucos eles vêm crescendo e ocupando espaços.


Um exemplo disso é o break, que neste sábado, 15/06, ganhou espaço na 14ª edição do Ballace-Festival Nacional de Dança, realizado no Teatro Cidade do Saber, em Camaçari. Uma parceria entre o Independent Stylles - organizado por Ananias Break - com o Ballace, garantiu para BBoys e BGilrs a competição em duas modalidades: All Stylles e Breaking.


De acordo com uma das organizadoras da batalha de break, a BGirl Thina Reis, a parceria foi fruto de algumas conversas com a organizadora do festival, Ana Cristina. Para ela, que já conhecia e admirava o festival, conseguir levar o break para um evento desse porte, além de ser uma grande conquista é uma oportunidade de mostrar para as pessoas que não tem contato com o hip hop, o que é esse estilo de dança e quebrar barreiras proporcionando a interação entre as modalidades.



BGirl Thina Reis

“Quando a gente se encontra no foyer, que é um espaço aberto, esse se torna um momento de troca de experiência e de vivências”, ressalta.


Durante as quatro horas em que a batalha aconteceu, os bboys contavam os segundos para entrar na pista. Enquanto isso, a plateia, que por sinal era bastante mista composta por dançarinos de vários estilos e seus familiares, assistiam animados a cada apresentação.


A BGirl e jurada na batalha Michele Arcanjo, falou sobra a importância do break está integrando ao quadro de um evento como o Ballace, que recebe pessoas de todo o Brasil. Para ela, agregar um público de outras categorias de dança e outro perfil de espectador é uma oportunidade de mostrar um pouco da cultura hip hop.


“A Galera vibra e se sente representada. O break é uma dança bastante contemporânea, então a gente agrega vários outros estilos. É um verdadeiro intercâmbio entre as configurações de dança”, afirma Michele.

“Trazer Visibilidade!”, essa é palavra que segundo Ananias Break, organizador da batalha Independent Stylle, melhor descreve a parceria feita com Festival que tem influências de varias danças, principalmente o Balé, ponto chave do evento. Segundo ele, a participação de academias de dança de todo o Brasil permite conhecer pessoas novas e trocar experiências.


Uma das modalidades da batalha realizada foi o All Stylle, que permite o uso de técnicas de qualquer estilo de dança, sendo preciso apenas seguir o ritmo da música. “A gente teve uma batalha que a modalidade foi All Stylles. Você interpreta o que o DJ toca então você pode dançar balé, break, capoeira. Você pode dançar tudo de acordo com a sua técnica”, afirma Ananias.


Ananias Break durante as apresentações no Festival Ballace / Foto: Hillary Marcele

Bboy e vencedor do primeiro lugar na modalidade All Stylles, Emerson Santana falou sobre a dificuldade do apoio governamental para os eventos, principalmente em salvador, o que leva os próprios grupos de dança a realizar eventos e competições. Para ele, levar um movimento que surgiu nas ruas para o festival é muito relevante, principalmente para quebrar o tabu de ser uma dança marginalizada.


Emerson também aproveitou para elogiar o evento e acrescentar que ainda é preciso um espaço maior para as danças urbanas no Ballace. “Eu acredito que ainda é preciso ter um espaço maior para as danças urbanas. Por exemplo, esse ano não teve aula de danças urbanas e nós temos aqui pessoas muito capacitadas pra isso”.



Bboy Emerson Santana após premiação / Foto: Hillary Marcele

Além de Emerson, também foi premiado em segundo lugar na categoria All Style o Bboy Anderson Dog. Já no estilo Breakm, em primeiro lugar ficou o Bboy Tico e, em segundo, Bruno Vieira.

© 2018 - RapZeroSeteUm - Todos os direitos reservados